4 março, 2021, 0 Comments

Inbound marketing: o que é e para que serve?

Inbound marketing é uma estratégia de marketing bastante engenhosa e eficaz. Caso você more debaixo de uma pedra desde 2006, mostramos aqui o que é e para que serve. Se você já encontrou o termo, mas não ficou claro para você, você está no lugar certo. Vamos explicar para você.

A gigante HubSpot cunhou o termo em 2006, lançando a base dessa estratégia a produção de conteúdo com o objetivo de atrair prospects. Mas não se trata apenas de produzir conteúdo por si só. Isso deve atender a certos requisitos; o inevitável é gerar valor para seus clientes potenciais. Aqui nos aprofundamos na criação de tal conteúdo.

Ao oferecer este valioso conteúdo, além de aumentar sua taxa de conversão, você estará construindo relacionamentos de confiança com seus clientes. Lembre-se de que clientes satisfeitos são os melhores embaixadores de sua marca.

HubSpot vê essa estratégia como uma unidade com três componentes: atração, conversão e deleite.

Vamos falar sobre atração.

O inbound marketing propõe que no processo de atração você deve criar e compartilhar conteúdo relevante, gratuito e de boa qualidade. Há espaço para vários formatos, como artigos de blog, vídeos, infográficos, o que você imaginar.

Este conteúdo que você compartilha deve se concentrar nas necessidades ou problemas que seu cliente potencial pode ter. Quero dizer, você deve se colocar no lugar deles. Assim que seu conteúdo for lançado, se estiver bem classificado, seu cliente o encontrará recorrendo à internet em busca de informações. Você vê? Você estará lá para seus clientes em potencial em tempo hábil. Desta forma, você estará gerando confiança com seu público e abrindo conversas.

Graças a esta fase, você deverá ver um aumento no tráfego de visitantes em seu site. Nem todos os visitantes avançam no processo, mas apenas aqueles que estão qualificados para isso.

Converse para converter.

Como diferenciar visitantes qualificados de não qualificados? É hora de falar sobre conversão. Dissemos que oferecer peças relevantes e úteis para seus clientes em potencial significa abrir o diálogo. Isso significa que você deve integrar um formulário CTA para as pessoas entrarem em contato com sua empresa, pode ser um formulário ou um clique para conversar.

Esta etapa atua como um filtro para que apenas as pessoas interessadas em continuar a conversa o façam. O resto dos visitantes podem ser clientes mais tarde.

Certifique-se de oferecer canais de comunicação onde seus clientes se sintam confortáveis: linha telefônica, email, WhatsApp, etc. Para lidar com a comunicação neste ponto, você precisará usar um CRM. Confie em nós, você não quer que seu planejador e bandeja se tornem uma bagunça. Isso só resultará em caos e leads insatisfeitos. Aqui e aqui, oferecemos a você nossa seleção de CRMs.

Você já está conversando com seus leads, o que vem a seguir? Responda suas perguntas, ofereça conteúdo que os ajude e que seja adequado ao estágio da jornada do comprador em que se encontram, você também faz perguntas para entender melhor como seu produto se adapta à situação do seu lead. Lembre-se de que você está oferecendo soluções, não apenas colocando produtos no mercado.

O fruto dessas conversas deve ser a conclusão de uma venda. Que melhor venda do que um cliente satisfeito? Vamos reformular, que melhor promoção do que clientes satisfeitos? Se o cliente em potencial não chegar ao estágio de venda, não tome isso como uma perda, mantenha-o informado. Você vai conseguir mais tarde.

Delight (com todas as suas letras).

Isso nos leva ao último ponto. Vamos falar sobre deleite. Este não é um estágio contido como tal, mas é uma série de práticas que você deve manter ao longo do processo. Por quê? Porque você está construindo e cultivando relacionamentos com seus clientes potenciais e clientes.

Isso significa que você terá que prestar atenção ao que seus clientes em potencial e clientes lhe dizem, bem como oferecer suporte, aconselhamento e soluções, conforme o caso, em tempo hábil. Algumas estratégias que você pode incorporar são a integração de chatbots, automação de mensagens e atenção ao que seu público comenta em suas redes sociais.

Não se esqueça, seu processo de venda não termina com a transação, mas há um acompanhamento do pós-venda. Busque a fidelidade do cliente.

Para que isso funcione, você deve estabelecer uma excelente comunicação interna, especialmente entre suas equipes de marketing, vendas e atendimento ao cliente. Isso ajudará a uma transição suave dos clientes entre um estágio e outro. Este é outro motivo para recorrer ao software de CRM.

Usar Leadsales é mais satisfatório do que novidade em um PlayStation 5.

Se você deseja aprofundar seus conhecimentos em Inbound Marketing, consulte:

Deixe uma resposta